Aluna de Ishikawa vence campeonato mundial de capoeira

A estudante de 13 anos vem de uma família apaixonada pela capoeira e seus movimentos

Aluna de Ishikawa vence campeonato mundial de capoeira

Akari Tachi, uma estudante de 13 anos do ensino médio da província de Ishikawa, tornou-se campeã feminina sub-14 na competição solo da Federação Mundial de Capoeira no dia 9 de janeiro. “Espero continuar competindo na capoeira e ficar infinitamente descolada”, disse Tachi, aluna da primeira série da Matto Junior High School, na cidade de Hakusan.

Tachi, integrante da academia Gueto Capoeira de Kanazawa, começou a praticar capoeira ainda na primeira série do ensino fundamental, influenciada por seu pai, Toshihiko, que também é praticante. Ela disse que ficou fascinada com os movimentos rápidos da capoeira quando visitou a academia pela primeira vez. Tachi venceu o campeonato nacional de estudantes em 2017 e 2019. “Sinto-me atraída pela capoeira porque, comparada com outras artes marciais, tem mais liberdade e muitos elementos para desfrutar”, afirma.

Por causa da pandemia do COVID-19, o campeonato mundial que começou em novembro foi realizado com participantes convidados a enviar videoclipes de apresentações de 45 segundos. Oito competidoras do Japão, Rússia e Portugal participaram do torneio feminino sub-14, para jovens de 12 e 13 anos.

Na terceira e última rodada, onde dois jogadores competem, Tachi realizou 15 movimentos, incluindo au sem mão – uma estrela aérea realizada sem usar as mãos – e au batido – uma parada de mão com uma mão dando um chute lateral com uma perna, mantendo a outra perna esticada no ar – para se tornar a campeã. Surpreendentemente, na escola, ela não pertence a nenhum clube esportivo, mas participa do clube da cerimônia do chá. “Posso aprender maneiras de controlar minha mente” por meio das cerimônias do chá, disse ela.