Sonda japonesa Hayabusa2 voltando para casa

A JAXA planeja recuperar a cápsula e analisar seu conteúdo em busca de pistas sobre as origens da vida e do sistema solar

Sonda japonesa Hayabusa2  voltando para casa

A Agência de Exploração Aeroespacial do Japão (JAXA) anunciou que a sonda havia começado sua operação de motor no segundo estágio. O Hayabusa2 operou seu motor principal por mais de 800 horas até fevereiro, depois de explorar o asteroide Ryugu. Está agora a cerca de 160 milhões de quilômetros da Terra.

Uma equipe operacional confirmou que um dos quatro motores de íons da sonda começou a operar normalmente, conforme programado. A segunda operação deve continuar até setembro, quando a sonda está programada a cerca de 40 milhões de quilômetros da Terra.

O Hayabusa2 deve então ajustar sua órbita usando um dispositivo de posicionamento e soltar uma cápsula no deserto australiano, por volta de novembro ou dezembro. Acredita-se que a cápsula contenha amostras de rochas da superfície do asteroide.

A JAXA planeja recuperar a cápsula e analisar seu conteúdo em busca de pistas sobre as origens da vida e do sistema solar.

Sonda japonesa Hayabusa2  voltando para casa 1
Imagem: NHK