Membros do Partido do governo japonês, afirmam não saber do não registro de verbas, consideradas suborno 

suborno

Os cinco membros da Ala Abe do Partido Liberal Democrata, que se apresentaram voluntariamente ao Departamento Especial de Investigação do Ministério Público de Tóquio, afirmaram não ter conhecimento da falta de registro do dinheiro arrecadado em festas do partido.

Os políticos afirmam que não era suborno

O responsável pela Ala reconheceu a necessidade de registrar essas informações, mas alegou não ter conhecimento específico sobre a ausência de registro referente ao valor considerado suborno.

suborno

Há suspeitas de que tanto na Ala Abe quanto na Nikai do Partido, rendimentos que excederam a cota de venda dos direitos do partido foram repassados aos políticos filiados, e esses pagamentos não foram registrados nos relatórios financeiros oficiais das alas, sendo tratados como suborno.

suborno

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *