Estrela e planeta distantes recebem nomes em idiomas ancestrais japoneses

A IAU realizou uma campanha semelhante para nomear exoplanetas em 2015, com o Japão nomeando vários deles, incluindo “Amateru”

Estrela e planeta distantes recebem nomes em idiomas ancestrais japoneses
Renderização artística de Chura, frente e Kamui (fornecida pelo Observatório Astronômico Nacional do Japão)

As autoridades internacionais que são responsáveis pela nomeação de objetos celestes, anunciaram uma lista restrita de 100 pares de exoplanetas e estrelas, incluindo dois nomes que utilizam idiomas “indígenas” do Japão: Chura e Kamui.

“Chura” significa bonito na língua de Okinawa (no extremo sul do arquipélago), enquanto “Kamui” significa Deus na língua do povo indígena Ainu (no extremo norte).

O Japão recebeu a estrela “HD145457”, que fica a 410 anos-luz da Terra em direção à Corona Borealis (coroa do norte) e a um exoplaneta próximo. O corpo de gás gigante, aproximadamente do tamanho de Júpiter, foi descoberto por astrônomos usando o Telescópio Subaru no Havaí e outros em 2010.

O Japão propôs Chura e Kamui para o exoplaneta e estrela, respectivamente. Das cerca de 700 inscrições, o painel escolheu nomes que transmitem respeito e admiração pela natureza. Os nomes serão usados ​​universalmente.

N13 - 06-01-2020
Chura e Kamui (imagem fornecida pelo Observatório Astronômico Nacional do Japão)